Por Rodrigo Robleño.

Vamos fazer assim:

Primeiro a gente toma o poder, depois tira os direitos civis e a liberdade de gays, negros, ateus, mulheres, pobres e todo aquele que não pode ou não quer contribuir com o dízimo pra nossa igreja.
 

Aí a gente pega as terras do Brasil, as privadas e as do governo e divide entre a gente.
Aí a gente aumenta impostos e faz as pessoas gastarem até se endividarem.
 

Depois a gente empresta dinheiro e cobra juros exorbitantes, a ponto deles ou nos darem o que possuem ou se suicidarem.
 

Aí a gente causa um monte de diferença social, pra criar o caos... o caos gera violência, que gera insegurança.
 

Aí a gente cria a segurança privada.
Aí a gente vai eliminando toda a concorrência, toda a divergência.
 

Aí ficamos só você e eu.
Aí eu te mato.

Postar um comentário

Bate-Papo vermelhô

Compartilhe

 
Top