Dilma vetou a auditoria nas contas públicas e o que leio, nos comentários dos coxas é que foi por medo, para esconder corrupção, para não mostrar que roubaram...
Se os comentários petistas não têm esse teor, também mostra insatisfação e cobrança, em alguns comentários, com a mesma virulência dos coxas.

Querem auditoria da dívida pública? Eu também, talvez com mais conhecimento de causa que a maioria dos coxas e petistas mal informados.
Entre a amortização do principal e o pagamento de juros, a dívida pública, no ano passado levou mais de 45% da arrecadação de impostos.

Isto mesmo: de cada R$ 100,00 arrecadados pelo governo, o sistema financeiro levou mais de R$ 45,00 ou, no ano passado, o governo pagou 25 vezes mais aos bancos que gastou em obras públicas.
E não me venha a oposição viajar na aba, tirando vantagem da situação, porque no ano de 2002, último ano da gestão tucana, a dívida pública era correspondente a 60,38% do nosso PIB, enquanto no ano passado ficou em torno de 33% do PIB, ou seja: quase a metade.

Nos oito anos de desgraça tucana a evolução da dívida pública foi de 104,40%, saltando de 29,54%, em 1995, para 60,38%, em 2002.
Já no período petista a evolução foi de -44,35%, caindo de 54,83%, em 2003, para algo em torno de 33%, no ano passado.

Por fim, o estado mais endividado é São Paulo, coincidentemente com administração tucana, nos últimos 20 anos, com uma dívida correspondente a 153%, isso mesmo, uma vez e meia o PIB do estado, quase cinco vezes maior que o percentual nacional.

Muito estranho que a oposição e a sua desmiolada coxada amestrada venha falar de dívida pública. Com que moral?
Mas claro que, mesmo assim, com a dívida declinante, isso tem que ser auditado.
E porque não fazê-lo?

Que a oposição queira tumultuar ainda mais o momento político, entendo. Que o pretenso purismo Psolista não atente para isso, entendo. Só não entendo são os petistas dando porradas na Dilma porque ela vetou.
Será que o momento é de mexer em casa de maribondos, mexer com todos os poderes, em todas as instâncias e em todos os estados e municípios?

Com pedido de impeachment no TSE, pedido de impeachment na Câmara, Lava Jato, a mídia vendida pressionando, com chuva de dólares nas mãos de mercenários aventureiros tramando golpes, com uma conjuntura externa desfavorável, com o mundo em recessão, com dificuldades de caixa... A hora é de bater de frente com o sistema financeiro?

É hora de abrir mais uma frente de combate, de despender energias em mais uma batalha que pode ser adiada? Se há uma insensatez é auditar o quer que seja agora, dando chance a que um erro contábil do governo vire roubo, na mídia e no discurso da oposição, e os roubos dos opositores fiquem blindados.
A luta dos verdadeiros petistas, agora, deve ser é no sentido de impedir que o Legislativo derrube o veto da Presidente.

A hora não é de atacar, mas de rechaçar os ataques. Já amanhã... Amanhã vai ser outro dia, como disse o xará.

Francisco Costa
Macaé, RJ, 14/01/2016.

Postar um comentário

  1. ""Só não entendo são os petistas dando porradas na Dilma porque ela vetou.
    Será que o momento é de mexer em casa de maribondos""

    Quando é o momento então se a Dilma e o PT não falavam disso em 2012 com popukaridade nas alturas? (Repare q esse auditoria da divida publica é um anatema nos blogs governistas).

    Se vc ainda defende o governo depois dessa (e depois de EBSERH, do Levy, da comadre Katya Abreu...) se ainda defende o PT você não é de esquerda: vc é governista.

    E outra: teu dado de DPF/PiB = 30% está completamente errado.

    Acorde! Estao te roubando!

    Ass.: ex-eleitor de Dilma

    ResponderExcluir
  2. ""Só não entendo são os petistas dando porradas na Dilma porque ela vetou.
    Será que o momento é de mexer em casa de maribondos""

    Quando é o momento então se a Dilma e o PT não falavam disso em 2012 com popukaridade nas alturas? (Repare q esse auditoria da divida publica é um anatema nos blogs governistas).

    Se vc ainda defende o governo depois dessa (e depois de EBSERH, do Levy, da comadre Katya Abreu...) se ainda defende o PT você não é de esquerda: vc é governista.

    E outra: teu dado de DPF/PiB = 30% está completamente errado.

    Acorde! Estao te roubando!

    Ass.: ex-eleitor de Dilma

    ResponderExcluir

Bate-Papo vermelhô

Compartilhe

 
Top