Deputada Leci Brandão faz uso da tribuna durante audiência pública no Plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo para defender os professores.

A deputada Leci Brandão saiu em defesa dos professores estaduais na tribuna da Assembleia Legislativa do Estado. Em sua fala, afirmou que defender “professor é obrigação” e não um favor, independentemente se os partidos estão na base do Governo ou na oposição.

Na última quarta-feira, 22/4, o Plenário Juscelino Kubistchek foi tomado por professores estaduais que estão em greve há 40 dias (completos em 23/4). Devido à constante pressão dos servidores, que chegaram a fazer uma ocupação no Plenário da Alesp, a Presidência da Casa convocou uma audiência de última hora para que os professores pudessem ser ouvidos pelos deputados.

A deputada enalteceu a atitude democrática do deputado Fernando Capez (PSDB), Presidente da Assembleia. “Em nome do PCdoB, eu quero parabenizar Vossa Excelência porque, desde o primeiro momento, teve uma posição muito segura no sentido de não haver, aqui, nenhuma violência em quem quer que seja”.

Além disso, ela ressaltou que se deixasse de lado as diferenças partidárias pelo bem da educação. “O diálogo é importante, vamos esquecer o partido, vamos tratar aqui do que é importante que é o ensino”, disse a deputada.

A proposta da Presidência dividiu os parlamentares. Alguns chegaram a se retirar do Plenário por não concordarem com a realização da audiência e com a atitude da Presidência em ouvir os professores naquele momento.

A categoria reivindica, entre outras demandas, melhores condições de trabalho, aumento no valor dos vales transporte e alimentação e reajuste salarial de 75,33% para promover a equiparação com profissionais de outras áreas com formação de nível superior, seguindo a meta número 17 do Plano Nacional de Educação.

Assista ao pronunciamento

Via Portal Vermelho

Postar um comentário

Bate-Papo vermelhô

Compartilhe

 
Top