Defesa do ex-presidente Lula está lançando o site  
A Bem da Verdade que terá todas as ações, cíveis e criminais, movidas por ele contra jornalistas ou personalidades por ofensas; segundo a colunista Mônica Bergamo, a página traz também todas as respostas jurídicas do petista às várias investigações que estão sendo feitas contra ele e reunirá ainda as notas à imprensa já divulgadas por ele; de outubro de 2015 até agora, por exemplo, foram 33 textos contestando reportagens publicadas por veículos de comunicação; nesta terça-feira, o Instituto Lula divulgou uma troca de e-mails com o Globo ironizando mais um “capítulo da história do jornalismo investigativo brasileiro, digno de um filme que mereceria o Oscar ("Os pedalinhos")”; afirma que os pedalinhos que estão no sítio de Atibaia, novo alvo contra Lula, foram adquiridos por Dona Marisa, que também adquiriu uma canoa de alumínio

Via 247 em 02/03/2016

A defesa do ex-presidente Lula está lançando um site, que se chama A Bem da Verdade, que terá todas as ações, cíveis e criminais, movidas por ele contra jornalistas ou personalidades por ofensas.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, a página traz também todas as respostas jurídicas do petista às várias investigações que estão sendo feitas contra ele.

Reunirá ainda as notas à imprensa já divulgadas por ele. De outubro de 2015 até agora, por exemplo, foram 33 textos contestando reportagens publicadas por veículos de comunicação (leia aqui).

Nesta terça-feira, o Instituto Lula divulgou uma troca de e-mails com o Globo ironizando mais um “capítulo da história do jornalismo investigativo brasileiro, digno de um filme que mereceria o Oscar ("Os pedalinhos")”. Afirma que os pedalinhos que estão no sítio de Atibaia, novo alvo contra Lula, foram adquiridos por Dona Marisa, que também adquiriu uma canoa de alumínio. Leia abaixo:

O Globo e os pedalinhos 2: jornal questiona Lula por cargo criado por FHC

A reportagem de O Globo segue acompanhando atentamente cada movimento dos pedalinhos no sítio de Atibaia. Para conhecimento público, copiamos, abaixo, nova troca de e-mails entre a reportagem e a assessoria de imprensa do Instituto Lula sobre o assunto:

***

Em 1 de março de 2016 16:12, @sp.oglobo.com.br escreveu:

Boa tarde

Estamos fazendo matéria sobre como se deu a compra dos pedalinhos e que estão no sítio de Atibaia. Notas fiscais apontam que os produtos foram comprados pelo subtenente Edson Antonio Moura Pinto, que é funcionário da presidência. Seria atribuição dele esse tipo de tarefa?

Aguardamos uma resposta

***

De: @institutolula.org
Data: 1 de março de 2016 17:15
Assunto: Re: Compra de pedalinhos por assessor da presidência
Para: @sp.oglobo.com.br

Boa tarde Luiza,

Os ex-presidentes brasileiros têm direito a alguns cargos de livre provimento, conforme estabelecido pela lei 7474 de 1986 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L7474.htm). Logo, ele é um funcionário cedido ao ex-presidente.

Como pode ver no link indicado acima, a última alteração dessa lei aconteceu no governo FHC, em 20 de dezembro de 2002, ou seja, 11 dias antes de Fernando Henrique Cardoso deixar seu cargo, quando aproveitou a oportunidade e criou dois cargos extras de servidores de livre provimento para ex-presidentes. O referido subtenente ocupa esse cargo, que é o de um assessor pessoal do ex-presidente para a função que ele indicar.

Resumindo: sim, ele pode fazer esse tipo de tarefa, porque a lei estabelece que o papel dos funcionários é de segurança e apoio pessoal, e mais ainda porque FHC criou dois cargos de absoluto livre provimento para ex-presidentes 11 dias antes de deixar o cargo.

Para, no que espero encerrar esse capítulo da história do jornalismo investigativo brasileiro, digno de um filme que mereceria o Oscar ("Os pedalinhos"), os pedalinhos foram adquiridas por Dona Marisa, que também adquiriu uma canoa de alumínio. Lula e Dona Marisa não são donos do sítio, propriedades de amigos que ofereceram ao ex-presidente e dona Marisa um local e descanso que pudessem frequentar. Não faz sentido guardar pedalinhos ou canoas de alumínio em um apartamento em São Bernardo do Campo.

Aproveito para registrar que o Globo não registrou a minha pergunta sobre a propriedade de Paraty no outro lado da minha resposta anterior.

Atenciosamente.

Postar um comentário

  1. #TôComLulaAtéDepoisDoFim
    #VaiComTudoLulaTrintão!
    #MilitânciaPraRuaDeclararAmorALula

    ResponderExcluir
  2. #TôComLulaAtéDepoisDoFim
    #VaiComTudoLulaTrintão!
    #MilitânciaPraRuaDeclararAmorALula

    ResponderExcluir

Bate-Papo vermelhô

Compartilhe

 
Top