por Marlon Sérgio

Impeachment! O PIG só fala nisso. Estão histéricos. Aécio já defendeu a decisão de Cunha e deve ter feito mil carreirinhas de ontem pra cá, e Paulinho da "força" deve ter tomado um  alambique inteiro. Como dizem os antigos pra essas bandas de cá: Um gambá cheira o outro.

E, com isso, nos esquecemos  da tragédia de Mariana e de suas vítimas, do Rio Doce e de todos os que dependiam dele pra sobreviver; esquecemos também da truculência do governo Alckmin contra estudantes e professores em suas manifestações legais, legítimas contra o fechamento de escolas.

A verdade, nua e crua, é que o golpismo tem criado instrumentos para tentar parar o Brasil e culpar o governo por isso. Só não vê quem não quer.

Mas também, e com muita "sutileza" desviar nosso foco, nossos olhares de todas as mazelas dos governos tucanos e seu jogo sórdido para golpear também nossa democracia e levar o país de volta aos pés do FMI, fatiá-lo e entregar nossas riquezas para as grandes corporações estrangeiras.

Porque é esse o modelo neoliberal, é a receita e o projeto que esses corruptos entreguistas tem para o Brasil, deixar o povo órfão de Estado e instaurar a abominável lei da meritocracia que institucionaliza a exclusão e segregação social, enquanto privatizam nossas empresas, bancos, universidades, etc..

Eles não tem outra saída a não ser cumprir seus acordos escusos feitos com os poderosos grupos nacionais e, sobretudo, transnacionais.  Como se não bastasse o exemplo do governo neoliberal criminoso de FHC, teremos também, na Argentina, o governo recém eleito de Mauricio Macri que adotará a mesma cartilha e, infelizmente, vem pra corroborar nossas convicções sobre fracasso dos governos neoliberais pelo mundo.  

Está no "programa de governo" desses entreguistas até mesmo a privatização da saúde do povo. E quem é que sabe disso? Qual o telejornal ou revista denuncia o plano macabro da oposição e da mídia nesse país de levar o Brasil a um retrocesso de 30 anos? 

Por isso tanta cortina de fumaça e a tentativa incessante de desviar nossa atenção de fatos e acontecimentos realmente graves que envolvem os golpistas da oposição e da mídia nesse país que, temendo que o combate à corrupção se intensifique, estejam seriamente ameaçados de irem pra prisão.

É o caso, por exemplo de Paulinho da Força, acusado de desviar recursos do BNDES; o caso de Aécio Neves, citado por três vezes em delações da Lava Jato; da corrupção no tucanato paulista no Metrô, na Sabesp que secou São Paulo, etc..

São inúmeras as razões para temerem tanto que a Presidenta Dilma continue seu mandato. Mas, de todos, pelo menos no momento, o mais gritante é o caso de um senhor ("religioso" e defensor da "Família" e dos "bons" costumes), comprovadamente LADRÃO DO DINHEIRO PÚBLICO, estar comandando o parlamento brasileiro e tramando com seus iguais a deposição de uma Presidente digna, de fibra, honesta, corajosa e, contra a qual, não há uma menção sequer que macule sua vida pública. 

De todos os riscos que todos nós corremos se permitirmos que tais grupos tomem de volta o poder, o maior é ver cair por terra todas as conquistas, todos os avanços, em todas as áreas, em todos os seguimentos sociais, mas também ver nossas instituições democráticas ruírem.

Apenas lembrando um pouco de como é o projeto neoliberal dos golpistas que tentam voltar ao poder a qualquer custo, tentando derrubar uma presidente eleita democraticamente pela maioria da população, legítima  Chefe de Estado e representante do povo brasileiro.

Então devemos ignorar suas tentativas de golpe? Não. Jamais. Essa gente é capaz de tudo. Tudo mesmo. Mas não podemos permitir que esses fascistas da mídia e da oposição comandem nossas vidas e, como no passado, decidam o que é e o que não é importante para nós.

Postar um comentário

Bate-Papo vermelhô

Compartilhe

 
Top