Com R$ 1,2 bilhão em investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento, a presidenta Dilma Rousseff inaugurou hoje as duas últimas estações da Linha Sul do metrô de Fortaleza. Em seu discurso, Dilma destacou a importância da parceria entre governo federal, estados e municípios para oferecer transporte público de qualidade para os brasileiros.
“Hoje, nós estamos aqui completando a Linha Sul do metrô de Fortaleza. Esse metrô vai servir 350 mil pessoas todos os dias, com 18 estações, 24 quilômetros de trilho. Porque nós estamos aqui? Porque nós temos uma parceria entre o governo federal e o governo do estado do Ceará”, afirmou.
Segundo ela, as parcerias com estados e municípios envolvem vários pontos importantes. “Antes de qualquer coisa, a parceria envolve vontade política, determinação e teimosia de fazer sim transporte coletivo urbano para a população brasileira”, disse.
A presidenta lembrou que no passado foram alocados poucos recursos em transporte público no Brasil e que somente nos últimos anos houve uma retomada de investimentos no setor. “Colocamos R$ 89 bilhões para os programas de mobilidade urbana, com 192 obras em 100 cidades de médio e grande porte. Esses R$ 89 bilhões têm por objetivo fazer metrô, VLTs, os BRTs e os corredores de ônibus”, explicou.
“Antes de nós, poucos investimentos foram feitos no Brasil na área de transporte coletivo. Por quê? Era convencionado, no Brasil, que o transporte coletivo era das prefeituras e do estado, e que o governo federal não tinha de pôr dinheiro”, ressaltou. “Nós não concordamos com isso, achamos que este é um problema dos brasileiros e, portanto, é um problema do governo federal também.”

Postar um comentário

Bate-Papo vermelhô

Compartilhe

 
Top